DH do LSI-TEC iniciará 2007 a todo vapor

A IC Design House já conta com instalações próprias, estações de trabalho completas e profissionais engajados no desenvolvimento de projetos de circuitos integrados para o setor produtivo

O Laboratório de Sistemas Integráveis Tecnológico – LSI-TEC - foi selecionado pela FINEP para o desenvolvimento de projetos para as empresas Digimed, Novus e TreeTech. A maior parte das atividades desse projeto, denominado “Integração de Sistemas em Chips” está concentrada na IC Design House que será responsável pelos circuitos integrados.

Segundo o coordenador geral da DH, Reinaldo Morilha, esses projetos representam uma grande vitória. “Temos estrutura completa e equipe preparada para atender este desafio e outros que virão em 2007. Entre todas nossas conquistas vale ressaltar a inauguração das instalações próprias da DH no Centro Comercial de Alphaville” – afirma Morilha.

O coordenador lembra que o segundo semestre de 2006 foi definitivo para a consolidação da DH. O contrato de aquisição de pacotes de software e ferramentas EDA com a CADENCE nos EUA foi assinado e vem possibilitando o acesso às mais modernas ferramentas de projeto em nível mundial. A DH também recebeu 10 estações de trabalho adicionais e.de última geração, equipadas com monitores LCD 19”.

O LSI-TEC faz parte do grupo de instituições destacadas pelo Ministério da Ciência e Tecnologia para a realização dos sub-programas do PNM – Programa Nacional de Microeletrônica. O LSI-TEC apóia o Laboratório de Sistemas Integráveis (LSI) da Escola Politécnica da USP que é reconhecido pelas contribuições que já prestou à sociedade brasileira através do grupo de pesquisadores que há mais de 30 anos, através do ensino, pesquisa, extensão e, principalmente, do relacionamento industrial, tem desenvolvido projetos de alta tecnologia. O LSI foi pioneiro na América Latina na construção da Caverna Digital, sistema de realidade virtual com alto envolvimento do usuário e, em se tratando de pioneirismo, o seu fundador Prof. João Antonio Zuffo foi responsável pela fabricação do primeiro chip brasileiro, em 1971. Também atua no desenvolvimento e fabricação de Sensores Inteligentes e Sistemas Micro-Eletro-Mecânicos (MEMS) para o setor produtivo, trazendo inovação e aumentando o valor agregado dos produtos brasileiros.

Voltar aos Press Releases