Governo Federal pede avaliação do LSI antes de comprar 1 milhão de laptops para serem utilizados no ensino público

Interessado na compra de 1 milhão de laptops para serem distribuídos entre os estudantes de escolas públicas, o governo brasileiro, por meio do Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT), solicitou ao LSI a avaliação tecnológica dos protótipos desses aparelhos. Uma equipe com cerca de 30 pessoas avaliou o projeto em diversas frentes: em termos de tecnologia, de viabilidade econômica e de usuabilidade prática.

O interesse do governo brasileiro pela aquisição dos aparelhos se deu a partir do início de 2005, quando Nicholas Negroponte, fundador da ONG One Laptop per Child (OLPC), anunciou a criação de um laptop cujo valor de fabricação é de U$ 100. A ONG OLPC, ligada ao Massachusetts Institute of Technology (MIT), quer criar uma ferramenta educacional com custo final baixo o suficiente para que possa ser distribuída às crianças de famílias com baixa renda. Dessa forma, possibilitará que os governos de outros países, inclusive do Brasil, promovam a inclusão digital entre as crianças seu país.

Segundo a ONG, o valor reduzido dos aparelhos seria decorrente dos poucos e otimizados recursos do aparelho (se comparado a  um laptop convencional).

A ONG OLPC pretende produzí-los a partir de investimentos governamentais, para que, assim, possam ser distribuídos com fins educacionais aos estudantes de diferentes países.

Conhecimentos gerados pela avaliação...

Por ter participado dessa avaliação, o LSI teve a oportunidade de conhecer por dentro os protótipos do MIT ainda em fase de aprimoramento. Essa foi uma possibilidade de aplicar o conhecimento, adquirido nessa avaliação, em outras pesquisas que o laboratório realiza em paralelo. Segundo Irene Ficheman, uma das coordenadoras da avaliação, foi uma oportunidade ímpar. Por exemplo, houve o desenvolvimento tecnológico “na migração de tecnologia dos softwares existentes, utilizados em espaços infinitos de memória” para aparelhos que utilizam hardwares de recursos otimizados (como o laptop de U$ 100).

Voltar aos Press Releases